As ações de uma bandeira…

Mais uma vez uma agremiação posiciona ao próximo e mais uma vez conforta a quem mais precisa, da qual  se resume tamanha atitude, te convido a vir conosco nesse novo embalo…

 

 

Foi neste rumo, que o presidente, a diretoria e afins chegaram a uma ideia de como ajudar os necessitados, convenhamos essa pandemia tem prejudicado do mais baixo ao mais alto, e se tem pessoas que não escondem suas vontades de se aliar a essa atitude pois bem, são eles a comunidade Samuqueira, nas mãos do seu presidente, vamos compactuar com vocês essa corrente do bem…

Luiz Gustavo Lunardi, atual presidente da Samuca, junto com sua diretoria e amigos propuseram uma ideia de como ajudar quem mais precisa em meio essa pandemia, além de atrair sua comunidade já que essa quarentena tem distanciado meio mundo, saudades dos tempos em que os sambas nos pés tiravam todos do lugar, com a ideia de mover uma  LIVE SOLIDÁRIA para arrecadar, devidos fins para respectivas entidades, seja ela o asilo São Vicente com produtos de higienes pessoal, Ongs em prol dos animais com rações, Casa das Crianças com doações em dinheiro para somente em deposito do mesmo,  e Famílias necessitadas com cestas básicas…

 

Neste momento em que mais precisamos um dos outros, aparecem pessoas e entidades prontas para se alinhar em prol de uma das ações mais importante, ser humano! Confira a baixo nosso bate papo com o presidente Gustavo da Samuca…

 

Gazeta: Sobre a live solidaria, de quem partiu a ideia e como se organizaram?

Gustavo: então nós fizemos duas ou três reuniões online né, com a nossa diretoria e montamos uma diretoria com 15 pessoas e nessas reuniões como a gente está com a quadra fechada e a gente não pode fazer nenhum tipo de evento, a gente conversou e inicialmente a gente estava discutindo, eu coloquei –gente nós precisamos pagar a conta de agua e luz e como arrecadar o dinheiro e aí o pessoal começou a ver, que estão fazendo lives e arrecadando dinheiro, ai a gente começou a discutir né sobre essa situação onde a gente via que seria algo interessante, vimos que sé particemos para o lado social  de a gente arrecadar alimentos, ajudar a casa das crianças, que isso tomaria um corpo maior e conseguiria mais pessoas e a gente viria, e teria outras ideias para arrecadar fundos para Samuca, então foi assim que surgiu, foi uma ideia inicial e depois ela foi ganhando corpo, então um foi falando vamos fazendo isso outro aquilo e vamos trazer para mídia e tudo mundo começou e abraçou a causa a diretoria toda e começou a ganhar corpo.

 

 

 

Gazeta:  vocês têm alguma ideia de quantas pessoas vão ser atingidas por essa ação?

Gustavo: sinceridade, não! Porque a gente está falando com o asilo São Vicente, a gente viu que lá eles estão ganhando alimentos aí a gente pensou na parte das fraldas do material de higiene que é um pouco mais caro, então a gente vai dedicar a isso, outra ação é da Casa das Crianças, que é a parte financeira, que é a parte de dinheiro vai direto para conta deles e não vamos nos envolver, só vamos estar divulgando a agencia e a conta e as pessoas vão fazendo os depósitos, olha o que a gente queria era tentar achar famílias nas comunidades, não só na comunidade Samuqueira mas em volta da quadra ou buscando listas nas igrejas de famílias que necessitam, e isso até uma dificuldade de como chegar até essas famílias e algumas pessoas estão ajudando a listar isso né, então a gente tem uma grande expectativa da arrecadação dos alimentos para montar cestas básicas e tentar chegar nas pessoas, não só pessoas carentes e pessoas que perderam seus empregos pelo covid-19, e devem estar nas suas casas sem saber para conde correr ou as vezes tem até vergonha de pedir, então a gente está tentando chegar nessas pessoas, e claro quanto maior a arrecadação mais pessoas serão beneficiadas, com nossa arrecadação.

 

 

Gazeta: o que a Samuca representa para a comunidade de Rio Claro em geral mesmo?

Gustavo: sinceridade, eu consigo ver várias representatividades em vários setores, a gente tem a questão do carnaval, dos desfiles da escola, onde os samuqueiros propriamente dito se unem e criam, desenham, configuram e confeccionam uma escola de samba inteira né, por um longo período de outubro até fevereiro mais ou menos, então são várias pessoas que ficam ali, ao contrário de que muitos pensam, que vai ali só para beber e badernar, a gente tem uma estrutura um projeto, tarefas divididas, talentos né, e depois tudo isso pra mostrar para o povo rio-clarense a diversão o que representa um desfile de escola de samba, além da beleza, da empolgação, do lazer tem uma história, um enredo a gente tenta levar conhecimento para a população quando a gente escolhe um tema, a nossa comunidade, nossa escola de samba visa também o aprendizado, a continuidade do carnaval desta pratica, desta cultura do samba, então nós temos escolinha de bateria para ensinar para as crianças, então a gente leva as crianças para quadra temos escolinhas de mestre sala e porta bandeira, e estamos com ideias agora nessa nova diretoria de expandir isso, na parte de dança de passistas, na parte musical de interpretes, queremos aumentar o número de escolinhas e não só no carnaval, como de corte e costura, artesanato e até porque não em reforço escolar, então nós estamos com vários projetos na mente para aumentar a participação da Samuca na sociedade rio-clarense né, e a gente como também  tem o cunho beneficente do nosso nome inclusive, as pessoas que estão ali, ninguém é profissional do carnaval, todos ali são voluntários né, a gente visa muito ajudar a quem precisa, então é aonde a gente ajuda pessoas de bem que querem ajudar, e reunisse sempre pessoas lá e a gente de bom coração, sempre ajudam a gente tem até um slogan, chama (golfinho solidário), que é a parte da escola que faz as doações, as arrecadações durante o ano, a gente sempre está ajudando o Lar Betel, Casa das Crianças, Emaús e a gente ajuda várias entidades, a gente faz um evento uma feijoada, pede pro pessoal levar leite, faz um samba ou um ensaio beneficente tem essa questão da gente ajudar diretamente né, e também todo esse âmbito de desenvolvimento das crianças principalmente, mas também dos adultos que estão lá na escolinha de bateria e mestre sala e porta bandeira, também temos adultos, isso nos ajuda, nos alimenta os talentos para gente manter na nossa escola, de um jeito ou de outro enraizado na sociedade rio-clarense.

 

Deixa girar…@batucai.oficial

Posted by Samuca Escola de Samba on Thursday, April 9, 2020

 

Gazeta: sobre a live solidaria além da ação haverá algo mais que será informado durante a live ou só intuito das ações?

Gustavo: as ações realmente vão ser, dizemos assim nosso foco pessoal assistir né, mas nós desenvolvemos um script, um tema pra live baseado na história da Samuca, nós teremos ao vivo um grupo de samba que é da nossa escola, logico com as proteções, com as distancias devidas e estamos pedindo para os samuqueiros antigos que fazem parte da história gravar depoimentos, então escolhemos 4 desfiles de carnaval, se eu não me engano de 1979, 1984, 2013 e 2015, por exemplo em 1979 foi o primeiro desfile como escola de samba, no centro da cidade, em 1984 foi primeiro desfile na avenida Rio Claro, em 2013 foi o primeiro ano na avenida 3A, na avenida Brasil, e em 2015 porque é o último título que a Samuca conquistou, e a gente está gravando vídeos com depoimentos então teremos locutor que vai estar contando curiosidades de cada ano, que a gente está fazendo uma pesquisa, queremos fazer uma live interativa e om bastante conteúdo, e ai dentro destes anos nossa equipe cultural fez uma pesquisa tipo o que estava acontecendo no mundo do samba no eixo Rio São Paulo, em 79 – a então a portela ficou campeão e ai a gente vai cantando os sambas enredos tanto da Samuca quanto das escolas de Rio e São Paulo que tiveram suas importâncias ou que fizeram alguma coisa nestes anos, nos anos escolhidos né, nós estamos montando com muito carinho com a população Samuqueira, porem todos que apreciam o samba e queiram um divertimento vão poder se deleitar com nossa live e claro que a cada oportunidade a gente estará falando das nossas ações sociais, dos nossos projetos que não vão parar por ai, temos outras ideias, não estaremos fazendo só arrecadações durante a live, pois nós vamos está fazendo um Drive-Thru de entrega de doações desde segunda 25/05 estaremos de plantão até dia 31/05 num domingo meio dia, pra gente conseguir expandir e dar mais opção para a população levar os alimentos e as doações de fraldas e assim por diante de raçoes, que a gente vai estar distribuindo para as comunidades, as Ongs, que cuidam de animais abandonados, então é isso a nossa live vai ser muito bacana vai ser uma live de samba, intitulamos ela de o samba que ajuda.

 

 

 

Gazeta: em relação aos cuidados necessários referente a pandemia, o povo não deve se preocupar nos dias dos arrecadamentos?

Gustavo: a nossa ideia é a pessoa nem descer do carro, então a gente vai montar uma estrutura na rua da Samuca na frente do portão vai ter uma corda de isolamento, inclusive, um bombeiro nos auxiliou nesta questão da segurança, então a pessoa vai chegar a abrir a janela do carro e vai entregar o alimento ou a ração ou o que ele vai doar, a nossa equipe vai estar de máscara, de luvas, já vai estar com álcool e gel para desinfetar e limpar a arrecadação e vai colocar dentro da Samuca, e a pessoa do carro nem desce e já vai embora, vai ser algo bem dinâmico para as pessoas realmente não ter contato e dentro da nossa equipe, nós estamos montando equipes de duas pessoas no máximo três para auxiliar nesta logística e a gente está pedindo para que seja da mesma família que estão cumprindo o isolamento junto, para que a gente realmente, não corra nenhum risco de contaminar ninguém da nossa equipe e ninguém da população for está doando e depois o destino do alimento também né.

 

 

 

Gazeta: através desta atitude o que você espera das outras entidades, que elas se adequem a essas solidariedades?

Gustavo: olha você está falando das entidades carnavalescas, a gente tem ai a UESCA – (União das Escolas de Samba da Cidade Azul) eu conversei com o presidente  da UESCA, para a gente estender o convite as outras escolas, então a gente vai estar fazendo isso, talvez eles simplesmente divulgando nas comunidades deles ou ver se conversa para ver se torna um ponto de coleta também, a gente faz sem esperar nada né, seria maravilhoso se todos seguissem o exemplo, para ajudar mais a população, mas eu sei que todas as escolas tem a suas dificuldades, passa por um momento também, agora ainda mais de problemas tanto financeiro quanto de relacionamento, não somos perfeitos também temos diversos, então a gente encontrou essa forma e reitero isso se eles acharem que é uma ideia valida e quiserem seguir o exemplo e vão poder contar inclusive com a Samuca e o que tiver no alcance da gente iremos com certeza ajudar, agora outras entidades filantrópicas Rio-clarenses, seriam muito bom se eles também fizessem essas arrecadações para gente poder manter pelo menos aqui na nossa cidade algo de maneira boa e produtiva, auxiliando quem realmente precisa é isso…

 

 

O Carnaval respira,nosso Pavilhão ainda gira.E enquanto houver um surdo marcandoe um coração pulsando,Ele, com todo esplendor,continuará girando.Ah! Que felicidade ter Você!voz: Daniel Collete Collete IIimagens: Renato Cataldi

Posted by Samuca Escola de Samba on Thursday, February 27, 2020

 

 

Será arrecadado por meio de um Drive Thru durante a próxima semana os seguintes itens:
🐾CAUSA ANIMAL – Arrecadação de Ração para Ongs e Pessoas que estejam em dificuldades.

👴🏻ASILO SÃO VICENTE – Arrecadação de material de limpeza e higiene pessoal

🏘️COMUNIDADE – Arrecadação de alimentos não perecível

DRIVE THRU – DIA 25/05 ATÉ DIA 31/05
👉SEG A SEX das 17H00 as 21H00
👉SAB: 9H00 AS 17H00
👉DOM: 9H00 AS 12H00
🐬LOCAL: SEDE SOCIAL DA SAMUCA Av. 9, 1200, Boa Morte, Rio Claro – SP

🧒CASA DAS CRIANÇAS Doação em dinheiro

👉(válido somente por transferencia bancária)
DADOS PARA TRANSFERENCIA – Sociedade Beneficente São João da Escócia – CNPJ: 56.399.041/0001-57 – Banco Santander – Ag: 059 – CC: 13000686-8

 

 

 

Toda ajuda é bem vinda quando você se identifica com o semelhante… 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.